terça-feira, 10 de maio de 2011

Movimentos násticos em Cistus ladanifer

Crescer é o principal tipo de movimento nas plantas. Já escrevi qualquer coisa sobre o assunto neste blogue (ver aqui).
Quando a direcção do movimento das plantas é independente da direcção estímulo, usa-se o conceito de movimento nástico (= nastia).
Quem não conhece a brasileiríssima Mimosa pudica (Fabaceae, Mimosoideae)?

Muitos dos leitores deste blogue não saberão, porém, que temos uma planta com movimentos násticos evidentes em Portugal.
Imaginem só; esta:

... o vulgaríssimo Cistus ladanifer!
Proponho a seguinte actividade para este fim de Primavera.
Num dia de sol, no pino do calor, toquem com um dedo ou um lápis nos estames das flores de C. ladanifer. Em muitas flores, não em todas, poderão observar os estames a deslocarem-se lentamente para trás, em direcção às pétalas
Como as flores de C. ladanifer têm os órgãos sexuais muito acessíveis aos coleópteros - por exemplo é frequente observar escaravelhos do género Cetonia (Cetoniidae) as pastar as anteras das flores destes arbustos - será que o movimento nástico dos estames tem algum efeito dissuasor sobre os insectos de armadura bucal mastigadora? Enfim, uma hipótese como outra qualquer.

2 comentários:

  1. Mais uma interessante curiosidade botânica!!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar